Our Recent Posts

Tags

Resultado de impeachment enfraquece reforma estatutária

A expressiva vitória de José Carlos Peres neste sábado (29/09), além de garantir o presidente no comando do Santos FC, também dificultou os planos daqueles que desejam implementar uma reforma estatutária no clube.

Nos últimos meses, o presidente do Conselho Deliberativo, Marcelo Teixeira, tem realizado uma série de reuniões para discutir mudanças nas regras do clube. A recusa do associado em aceitar o impeachment de Peres, no entanto, mostra que não será tolerada uma alteração que prejudique a vontade de milhões de santistas para o benefício de apenas um grupo.

Uma das propostas apresentadas restringiria a participação no Conselho Deliberativo apenas às 2 chapas mais votadas nas eleições presidenciais do clube. Caso essa regra estivesse em vigor em 2014, por exemplo, 52% dos associados teriam os seus votos jogados no lixo. É improvável que essa hipótese seja aprovada pelos sócios.

Por outro lado, o Santos FC necessita dar passos para a sua profissionalização completa. Conselheiros que queiram trabalhar no clube deveriam renunciar, e não apenas se licenciar do mandato, pois, neste caso, podem voltar ao plenário para votações importantes. É antiético e representa claro conflito de interesses.

Também deveria ser vedado o direito a voto dos sócios que trabalham no clube. Essa medida diminuiria os incentivos para uma troca de apoio político por cargos remunerados. Ou seja, seria um obstáculo para o aparelhamento da máquina santista, especialmente às vésperas de eleições.

Outras medidas, como a regulamentação do voto à distância e a remuneração para o presidente do clube, são urgentes. Se o processo de mudança estatutária se mostra complexo, um caminho para melhorar rapidamente a administração do Santos FC é a aprovação de um regimento interno do Comitê de Gestão. Dezenas de conselheiros assinaram um requerimento pedindo uma reunião sobre o tema, que regulamentaria o órgão máximo do alvinegro praiano, dificultando desvios de verbas e acelerando a tomada de decisão. Aguardemos a postura da Mesa nos próximos dias.

(*) Conselheiro eleito para o triênio 2018-2020, Vitor Loureiro Sion tem MBA em Indústria do Futebol pela Universidade de Liverpool.

 

©2018 BY PRÓSANTOSFC. PROUDLY CREATED WITH WIX.COM

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter