Our Recent Posts

Tags

Santos precisa mostrar importância de torcedor estar perto do clube

Depois de quase 3 meses atuando apenas no Pacaembu, o Santos Futebol Clube voltou a mandar seus jogos na Vila Belmiro no dia 11 de abril, na vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-GO. A partida marcou a reabertura do estádio após algumas reformas estruturais e melhorias pontuais, como as novas lanchonetes.

Nesse período de obras, a discussão Vila X Pacaembu ganhou força e ficou acirrada em um primeiro momento, mas depois a razão parece ter tomado a maior parte dos santistas. Vimos que a falta de interesse do torcedor do Santos em frequentar estádio não está no endereço onde o clube manda os jogos, mas sim na falta de ação das gestões em promover cada partida, destacando a singularidade de cada adversário e competição.

Por esse motivo, os jogos em outras praças fora da Vila Belmiro, dando preferência ao Pacaembu, precisam ser bem estudados: horário, dia da semana e adversário são algumas das variáveis analisadas.

O sucesso de público na semifinal contra o Corinthians, em uma segunda-feira à noite, não pode servir de parâmetro para mandarmos jogos com menos apelo no mesmo dia e horário no estádio do Pacaembu. A importância do jogo promoveu o espetáculo e fez a torcida comparecer, mesmo em um dia complicado para a maior parte da torcida.

Da mesma maneira, a curiosidade e as novas lanchonetes na Vila Belmiro parecem ter motivado as pessoas a comparecerem no estádio santista. Mesmo com ingresso caro contra o Vasco, tivemos um público razoável, se levarmos em consideração a capacidade do estádio e o péssimo horário.

Vejo que algumas ações podem ter um retorno quase imediato e aumentar consideravelmente o público nos jogos do Santos. Na Vila já temos desde o jogo contra o Atlético-GO o tão pedido lanche de qualidade e, caso o Pacaembu seja liberado para o Campeonato Brasileiro, é muito importante que a diretoria trabalhe para que os torcedores que compareçam aos jogos possam ter esse benefício. Em uma cidade gigante como São Paulo, principalmente nos jogos de dia de semana, quando a grande maioria vai direto do trabalho para o estádio, lanche de qualidade pode ser um diferencial, que se aplica também ao público que vai em família inclusive nos jogos aos fins de semana.

Outra ação possível seria a criação de um setor popular na Vila. No Pacaembu, temos o tobogã, onde existe a chance de colocar um valor mais acessível atraindo assim o público com renda mais baixa para o espetáculo. Uma opção na Vila seria tirar as cadeiras do setor térreo e criar ali um setor popular, como já foi um dia.

Além dessas ações, o clube precisa transmitir ao torcedor as vantagens de se tornar sócio, valorizando seu custo x benefício. O torcedor tem que estar próximo ao clube e se sentir parte dele. Para isso, o clube precisa mostrar o quanto o torcedor do Santos Futebol Clube é importante para ele.

(*) Renato Ramirez é conselheiro eleito para o triênio 2018-2020.

 

©2018 BY PRÓSANTOSFC. PROUDLY CREATED WITH WIX.COM

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter