Our Recent Posts

Tags

Santos sofre por problemas crônicos que vão além da gestão Peres

Após a sonora derrota para o Grêmio no último sábado por 3 a 0 na Vila Belmiro, o Santos viu o líder Flamengo abrir 8 pontos de vantagem e o Palmeiras, vice-líder, abrir 5 pontos do Alvinegro Praiano. Além disso, viu Internacional, Corinthians e São Paulo encostarem no atual terceiro colocado.

Com apenas 5 pontos ganhos nos últimos 21 disputados e 23,8% de aproveitamento, a chance de título – e de verba proveniente da premiação como campeão – diminuiu drasticamente. O Santos sofre com a falta de planejamento mais uma vez nesta temporada. Bem como no ano passado, quando contratou Bryan Ruiz, em 2019 o clube repetiu o mesmo erro ao fazer as aquisições de Uribe e Cueva sem o devido estudo acerca do impacto financeiro e técnico. Na gestão Modesto também ocorreram erros semelhantes com Cléber Reis e Leandro Donizete, por exemplo.

Com a situação financeira bem complicada em 2020, o Santos precisa mudar o pensamento a partir de agora se quiser almejar brigar sempre no topo da tabela nos campeonatos que disputa. A mudança passa por uma severa e profunda mudança na mentalidade do clube.

Na semana passada, vimos o Athletico-PR, com um elenco recheado de atletas da base e com uma folha salarial bem abaixo do Santos, ser campeão da Copa do Brasil e faturar mais de 50 milhões de reais de premiação, além da vaga assegurada na Libertadores do ano que vem. E vale ressaltar que o Athletico já tinha sido campeão da Copa Sul-Americana em 2018.

O próprio Inter, vice-campeão da Copa do Brasil, e que faz um excelente trabalho após o rebaixamento para a Série B, também se reformulou após a queda utilizando a base na sua retomada. Já o Santos, com sua folha salarial que ultrapassa os 13,5 milhões de reais por mês, foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil e nem passou da primeira eliminatória da Copa Sul-Americana.

São dois pilares que devem sustentar a mudança de pensamento do clube: investimento na base e investimento em patrimônio. E já adianto que uma leva a outra. Mas isso é o assunto para a segunda parte do artigo.

(*) Jefferson Oliva é conselheiro eleito (2017-2020) e ouvidor do clube, membro do movimento PróSantosFC e já escreveu para os sites Torcedores e Orgulho Santista. Atualmente também tem o site Falando de Esporte.

 

©2018 BY PRÓSANTOSFC. PROUDLY CREATED WITH WIX.COM

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter